Rádio Cidade de Palmital 

 

Notícias do Paraná

 Prefeitura de São José dos Pinhais promove mutirão de serviços gratuitos neste sábado (17)

Evento acontece no bairro Rio Pequeno, das 9h às 16h, e inclui troca de óleo de cozinha por material de limpeza, cadastro habitacional e atendimento da Agência do Trabalhador. Mutirão faz parte do programa "Rumo Certo" e já passou por vários bairros de São José dos Pinhais. Paulo Szostak Neste sábado (17), a Prefeitura de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, promove mais uma etapa do programa "Rumo Certo", um mutirão de serviços gratuitos que já passou por vários bairros da cidade. Desta vez, o evento será no Centro de Iniciação ao Esporte e Cidadania Riacho Doce, na região do Rio Pequeno, das 9h às 16h. Quem comparecer ao mutirão poderá, por exemplo, trocar óleo de cozinha usado por materiais de limpeza, fazer cadastro habitacional, ser atendido pela Agência do Trabalhador e fazer testes rápidos de hepatite, HIV e sífilis, entre outros serviços. Confira a lista de atividades do mutirão. O endereço é Rua Ernesto Moro Redeschi - Rio Pequeno, São José dos Pinhais. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.
 Paraná, sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Boa noite! Aqui estão as principais notícias para você terminar o dia bem-informado. Raquel Lamb e Gabriel Araújo, donos do apartamento que explodiu no Água Verde, em Curitiba, no fim de junho, deram a primeira entrevista após a saída do hospital. O irmão de Raquel, Mateus Lamb, de 11 anos, morreu depois de ser arremessado do sexto andar. "A gente perdeu os nossos sonhos, a gente perdeu, eu pelo menos, eu sinto que eu perdi o meu futuro, minha vontade de viver. Eu perdi uma parte de mim e eu não sei como continuar", disse Raquel. A mulher, que teve 55% do corpo queimado, foi a última a deixar o hospital, em 8 de agosto. O marido, com 30% do corpo atingido, e Caio Santos, que fazia a impermeabilização de um sofá e que teve 65% do corpo queimado, receberam alta antes. Gabriel Araújo e Raquel Lamb, donos do apartamento que explodiu no Água Verde, em Curitiba, no fim de junho RPC/Reprodução Justiça manda soltar homem preso há nove meses por crime que não cometeu A Justiça mandou soltar um homem que ficou preso ilegalmente por nove meses em Londrina, no norte do Paraná. A decisão foi tomada após um policial civil reconhecer que a prisão ocorreu de forma indevida. William Salmaso foi preso em novembro de 2018 suspeito de atirar contra internos do Centro de Reintegração Social (Creslon) que estavam deixando a unidade para visitar as famílias. O confronto deixou dois feridos e foi registrado por câmeras de segurança. A Policia Civil investigou o caso e um investigador afirmou que na época um dos envolvidos era William Salmaso. O policial afirmou que reconheceu Salmaso nas imagens. Willliam foi confundido com homem que aparece nas imagens atirando em um carro vermelho Reprodução/RPC Mulher é presa suspeita de pedir R$ 80 mil para não divulgar fotos íntimas Uma mulher de 35 anos foi presa suspeita de extorquir dinheiro de um empresário, de 38, ao ameaçar a divulgação de fotos íntimas dele na internet, em Curitiba, nesta quinta-feira (15). Segundo a Polícia Civil, a mulher fazia faxina na casa e no escritório do homem, e os dois tiveram um relacionamento. Ela ordenou que ele pagasse R$ 80 mil para não divulgar as fotos. A prisão ocorreu no bairro Santo Inácio, e a mulher também o acusou de estupro. Ela foi detida no momento em que entregaria o dinheiro para a mulher. Ainda de acordo com a polícia, a vítima e a suspeita trocavam fotos íntimas através de um aplicativo de mensagens no celular. Até que um dia ela ordenou que o homem lhe pagasse o dinheiro. A mulher confessou o crime à polícia e disse que precisava urgente do dinheiro para pagar um transplante para sua mãe. Ela foi autuada em flagrante por extorsão. Animais buscam abrigo durante incêndio no Parque Nacional de Ilha Grande Os animais do Parque Nacional de Ilha Grande, no noroeste do Paraná, estão buscando abrigo durante o incêndio que começou em 8 de agosto e já atingiu 35 mil dos 76 mil hectares do parque. Uma mãe e um filhote de cervo foram vistos buscando refúgio na área verde que resistiu ao incêndio. Prova de que muitos animais sobreviveram, apesar da devastação do habitat deles. "Os animais com o avanço do fogo rápido, já estão se abrigando em áreas que ainda estão verdes. Mesmo aqueles animais que usam a estratégia de se entocar, existe grande chance de que eles tenham sobrevivido", disse o chefe do parque Erick Xavier. Uma mãe e o filhote de cervo foram vistos buscando abrigo na área verde que resistiu ao incêndio Reprodução/RPC Homem com pressa furta ambulância para economizar dinheiro Um homem furtou uma ambulância da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Fazendinha, em Curitiba, por volta das 15h desta sexta-feira (16). De acordo com a Polícia Civil, o suspeito afirmou que estava com pressa e queria economizar dinheiro. "Ele ainda não foi interrogado formalmente no inquérito, mas informalmente ele disse que furtou para economizar dinheiro que gastaria com ônibus ou aplicativo de transporte. Além disso, ele falou que estava atrasado para alguma coisa", explicou o delegado Eric Guedes. Depois do furto, a Polícia Militar (PM) foi acionada e começou uma perseguição de carro e de helicóptero. O suspeito parou a ambulância em um posto de combustível na Avenida Anita Garibaldi e foi preso em flagrante. Homem furta ambulância de UPA porque queria economizar dinheiro e estava atrasado em Curitiba, diz polícia Divulgação/BPMOA/PMPR Curtas e rápidas Projeto social amplia estudos no contraturno escolar e transforma a vida de pessoas de baixa renda no Paraná e outros estados Oito pessoas ficam feridas em batida entre dois ônibus, em Londrina Ônibus escolar é destruído por incêndio, em Alto Paraná Vereador de Curitiba tem mandato cassado por troca de partido Duas pessoas são presas em operação contra suspeitos de atirar em festa em Mariluz Homem é preso em Curitiba suspeito de participar de quadrilha que roubava bancos no Piauí Câmara de Curitiba discute projeto que prevê instalação de detectores de metais na entrada de escolas municipais Universidade Estadual de Maringá divulga resultado do Vestibular de Inverno Mulheres são presas em Londrina suspeitas de aplicar golpe do bilhete premiado em idosa do RS Curitiba registra 35 multas por excesso de velocidade por hora, diz secretaria Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
 Animais buscam abrigo durante incêndio no Parque Nacional de Ilha Grande

De acordo com o ICMBio, fogo atingiu 35 mil dos 76 mil hectares do parque, no noroeste do Paraná; durante esta sexta-feira (16), 65 pessoas trabalharam para tentar combater o fogo. Animais buscam abrigo enquanto incêndio devasta o Parque Nacional de Ilha Grande Os animais do Parque Nacional de Ilha Grande, no noroeste do Paraná, estão buscando abrigo durante o incêndio que começou em 8 de agosto e já atingiu 35 mil dos 76 mil hectares do parque. Uma mãe e um filhote de cervo foram vistos buscando refúgio na área verde que resistiu ao incêndio. Prova de que muitos animais sobreviveram, apesar da devastação do habitat deles. "Os animais com o avanço do fogo rápido, já estão se abrigando em áreas que ainda estão verdes. Mesmo aqueles animais que usam a estratégia de se entocar, existe grande chance de que eles tenham sobrevivido", disse o chefe do parque Erick Xavier. Uma mãe e o filhote de cervo foram vistos buscando abrigo na área verde que resistiu ao incêndio Reprodução/RPC De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), responsável pela administração do local, o fogo atingiu cerca de 35 mil dos 76 mil hectares do parque. Os focos de incêndio estão localizados em Altônia, São Jorge do Patrocínio e Alto Paraíso, no noroeste do Paraná. O ICMBio não conseguiu identificar o que provocou o incêndio. Segundo o instituto, há frentes de combate nas áreas onde os incêndios são mais graves: uma ao norte na várzea continental e outra ao sul na Ilha Grande. Refúgio ecológico, Parque Nacional de Ilha Grande é a riqueza do noroeste De acordo com a Defesa Civil, o tempo seco, as altas temperaturas e os fortes ventos da região fazem com que o fogo se alastre rapidamente. Segundo a administração do parque, não há registros de chuvas no local desde 16 de julho. Os ventos chegam a 50 km/h. De acordo com a Defesa Civil, tempo seco e fortes ventos fazem com que o incêndio se espalhe rapidamente. Divulgação/ICMBio Durante esta sexta-feira (16), 65 pessoas do Corpo de Bombeiros, ICMBio, Coripa e Defesa Civil trabalharam para tentar combater o fogo. "O que a gente tem dificuldade é devido ao terreno da ilha que não apresenta uma consistência, é muito banhado. A progressão das equipes em terra é bem complicada", relatou o major Andrey Falkiner. Durante a tarde desta sexta-feira, a estratégia da equipe dos bombeiros mudou, pois o vento forte ganhou muita força na direção Sul e foi preciso retirar as equipes da ilha. Entretanto, a força tarefa montada na bacia do Rio Paraná continua. Os trabalhos foram paralisados nesta tarde, mas o monitoramento da ilha continua na manhã de sábado (17). Animais buscam abrigo durante incêndio no Parque Nacional de Ilha Grande Reprodução/RPC Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

Publicidade

Músicas Top

1
Gusttavo Lima
Cem mil
2
Marília Mendonça
Todo mundo vai sofrer
3
Lauana Prado
Cobaia
4
Paula Fernandes e Luan Santana
Juntos
5
Daniel
Casava de novo

Vídeo do Youtube

Pedido de música

Nome:
E-mail:
Cidade:
Música:
Interprete:
Oferecimento:
 Enviar

Programacão

Galeria de Fotos

Deixa seu Recado

Deixe o seu recado

OK

Giro pelo Brasil

 Carlinhos Maia apresenta show de humor 'Mas, Carlos!' pela primeira vez no AP

Espetáculo será no dia 30 de setembro, no Teatro das Bacabeiras. Apresentação aposta na interação com o público para garantir risadas. Comediante Carlinhos Maia se apresentará pela primeira vez em Macapá no dia 2 de setembro Divulgação O alagoano Carlinhos Maia é um dos fenômenos das redes sociais, somando quase 10 milhões de seguidores no Instagram e Facebook. Conhecido pelos vídeos bem humorados, o artista estará no Amapá pela primeira vez no dia 30 de setembro, às 20h, no Teatro das Bacabeiras, no Centro de Macapá. O show havia sido marcado para o dia 2 de setembro, mas, por problemas de saúde da mãe dele, o artista anunciou o adiamento da apresentação através das próprias redes sociais. A organização do evento informou que os ingressos comprados anteriormente serão válidos para a nova data. A devolução do ingresso também está sendo feita. Maia se destacou na internet falando do seu dia a dia e assuntos cotidianos com irreverência, além de mostrar a convivência com os vizinhos na vila onde mora, na cidade de Penedo, em Alagoas. No show "Mas, Carlos!", que será apresentado na capital, o artista relata vários momentos de sua trajetória, até o sucesso com vídeos na web. Ele aposta na interação com o público para garantir risadas. Outro característica do show é que Maia conta, de forma bem humorada, um pouco sobre a vida de "digital influencer", que é uma espécie nova de celebridade. Marlon Santos, produtor do espetáculo, comenta que Maia é, atualmente, um dos maiores fenômenos das redes sociais e que o novo show dele é um dos mais procurados do país. "A motivação para trazer o Carlinhos [Maia] para Macapá é bem simples, ele está bombando nas redes sociais e todo mundo no país quer conhecer mais sobre ele, o que é justamente o que será apresentado no espetáculo", falou. Para garantir os ingressos antecipados, que custam de R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia). Serviço Espetáculo 'Mas, Carlos!' Data: 30 de setembro (domingo) Local: Teatro das Bacabeiras Hora: 20h Ingressos: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia) Informações: (96) 98138-0887 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!

Facebook

 

 

Rádio Cidade de Palmital 

 

Contato: 42- 3657-1442   Whats 99102-1442